Mais notíciasNotícias

Autoridades dinamarquesas levantam restrições de viagens de e para Portugal.

A partir de 31 de julho, Portugal é catalogado como país 'aberto' (amarelo), o que significa que serão permitidas viagens com motivo atendível ou com estadia mínima comprovada de seis noites.

Continuamos a recomendar a leitura, através do seguinte link, das medidas implementadas pelas autoridades dinamarquesas no que diz respeito aos requisitos/condições de entrada (incluindo o tipo de documentação solicitada à chegada para comprovar o “motivo atendível” para entrar no país):

https://politi.dk/en/coronavirus-in-denmark/travelling-in-or-out-of-denmark/entry-into-denmark


A Polícia dinamarquesa estabeleceu uma linha telefónica para o esclarecimento de dúvidas relacionadas com as condições de entrada:  +45 7020 6044.

 

Nota à Comunicação Social publicado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal sobre levantamento de restrições:

A Dinamarca retirou hoje as restrições à mobilidade que tinha imposto a passageiros oriundos de Portugal, juntando-se assim à Grécia, à República Checa, à Hungria, a Malta, à Roménia, à Bélgica e aos Países Baixos, no levantamento total ou parcial das referidas restrições.

A Dinamarca retirou hoje as restrições à mobilidade que tinha imposto a passageiros oriundos de Portugal, juntando-se assim à Grécia, à República Checa, à Hungria, a Malta, à Roménia, à Bélgica e aos Países Baixos, no levantamento total ou parcial das referidas restrições.Estes factos corroboram o reconhecimento da transparência da informação fornecida pelo nosso país relativamente à evolução da situação epidemiológica, bem como da evidência da capacidade de resposta do nosso Serviço Nacional de Saúde, que em nenhum momento deixou de garantir acompanhamento às pessoas infetadas com Covid-19. Reconhecem também a evolução positiva da situação epidemiológica em Portugal, nomeadamente a capacidade para testar em larga escala, detetar os casos positivos, controlar a sua transmissão e tratá-los da forma mais adequada.

Lisboa, 30 de julho de 2020

Nos dias 1 a 3 de setembro, poderão exercer o direito de voto antecipado, durante o horário de expediente da Secção Consular da Embaixada de Portugal em Copenhaga, os eleitores que estejam recenseados no concelho de Chaves mas deslocados na Dinamarca.

Para realizar o seu voto antecipado para o referendo local relativo à reabertura da Ponte Romana de Chaves ao trânsito de veículos automóveis ligeiros, num só sentido, os eleitores deverão ser portadores dos seguintes documentos:

 - Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade (ou outro documento identificativo, como carta de condução ou passaporte) à semelhança de qualquer eleição;

- Documento autenticado, comprovativo da permanência na Dinamarca, emitido pelo superior hierárquico ou pela entidade competente.

 

O Consulado Honorário de Portugal nas Ilhas Faroé estará temporariamente encerrado de 03 agosto a 31 outubro de 2020.

 

Neste sentido, e durante este período, qualquer assunto consular ou pedidos de informação deverão ser diretamente tratados com a Embaixada de Portugal em Copenhaga.

Poderá consultar os contactos da Embaixada no seguinte link: www.embaixadadeportugal.dk.

Contactos

Toldbodgade 31, 1.sal
1253 Copenhagen K
Denmark

(+45) 33 13 13 01
copenhaga@mne.pt
Twitter 

Mais informação

Ligações úteis

GEC Vermelho

images.jpg

Traducoes_900widecopy.jpg

Portuguese Communities Portal logotype

Turismo de Portugal logotype

AICEP - Portugal Global logotype

Camões - Instituto da Cooperação e da Língua logotype

Ocean conference 2020 E

Portugal Economy Probe logotype

Logotipo International Careers logotype

Instituto Diplomático logotype

CLP Zagreb

Banco de PortugalLogo

Instituto Nacional Estatistica INE logo

   Sugestoes